Buscar
  • Drª Lais Carvalho

Conheça os riscos da moda da marquinha com fita



De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o chamado ‘bronzeamento natural’ traz riscos à saúde, as mulheres ficam deitadas sob o sol por cerca de duas horas, uma de frente e outra de costas. Antes, seus corpos são besuntados com uma combinação de hidratante com bronzeador.

O “bronzeado de hoje”, é a garantia de rugas, manchas e pele flácida no futuro. Além disso, uma jovem que sofre de queimadura de segundo grau, com aparecimento de bolhas, tem um aumento de 50% no risco de desenvolver melanoma, considerado o tipo mais grave de câncer de pele, devido à sua alta possibilidade de metástase.

O uso da fita isolante também pode trazer consequências. Apesar de bloquear a passagem dos raios, ela faz uma marca menor do que ela faria na praia, com biquíni. A área, nesse caso, tem pele “virgem” e, portanto, mais suscetível a queimaduras e a manchas.

O submundo da estética é muito perigoso. Como esses estabelecimentos não são fiscalizados pela vigilância sanitária, não é possível controlar as condições de exposição ao sol e muito menos verificar a certificação dos produtos utilizados.

Se você deseja “pegar uma corzinha”, que seja de maneira lenta, progressiva; apenas 10 a 15 minutos por dia, antes das 9h da manhã ou após as 16h, sem bronzeador. Evite as fitas, pois estas podem provocar irritações e alergias.

0 visualização

© 2018 Lais Carvalho. Todos os direitos reservados.