Buscar
  • Drª Lais Carvalho

Diferenças entre raios UVA e UVB: você conhece?


Todo mundo já ouviu falar sobre os raios UVA e UVB e grande parte das pessoas já entendeu a importância de se proteger todos os dias dessa radiação.

Mas o que são os Raios UV?

Para entender a diferença entre UVA e UVB, precisamos entender primeiro o que são exatamente os Raios UV. Eles nada mais são que raios de luz emitidos pelo sol, invisíveis ao olho humano, mas com grande efeito sobre a pele. Quando falamos em UVA e UVB, estamos falando sobre os tipos de raios. Há também os raios UVC, que são os tipos mais perigosos entre os três, porém são filtrados pela camada de ozônio. Portanto, a superfície da Terra não tem contato com esses raios.

Raios UVA

Esses são os tipos de raios que conseguem atingir as camadas mais profundas da pele. Inclusive, são eles os principais causadores de problemas de pele, como o envelhecimento, manchas, danos e doenças. Além de ser o tipo de raio UV que penetra mais profundamente a pele, eles também são mais perigosos por outros dois motivos: primeiro, porque aparecem até em dias nublados, quando o sol não aparece, porque conseguem atravessar as nuvens, portanto são mais frequentes que os raios UVB. O outro motivo é que eles são totalmente indolores, diferentemente dos raios UVB, que podemos senti-los e “ardem” ao tocar a pele.

Raios UVB

Já os raios UVB atingem as camadas mais superficiais e são aqueles que deixam a pele avermelhada, bronzeada ou com queimaduras, dependendo do tempo de exposição ao sol. Esses atingem a Terra em menor intensidade, diferentemente dos raios UVA, pois são bloqueados pelas nuvens e outras barreiras, como os vidros, por exemplo. Porém, quando em maior intensidade, eles também podem causar queimaduras, reações alérgicas, entre outros problemas, então, também devemos nos proteger desse tipo de raio.

21 visualizações

© 2018 Lais Carvalho. Todos os direitos reservados.